O que é um sistema ERP?

ERP é uma sigla em Inglês que significa “Enterprise Resource Planning”. Numa tradução livre para o português seria  equivalente a “Planejamento dos Recursos da Empresa”.

O software ERP é um sistema de informática que tem como objetivo gerir e integrar todas as  operações cotidianas de uma empresa. Exemplos:

  • Faturamento;
  • Balanço contábil;
  • Compras;
  • Fluxo de caixa;
  • Apuração de impostos;
  • Administração de Pessoal;
  • Inventário de estoque;
  • Contas a receber.

Muitas pequenas empresas utilizam sistemas “prontos” de mercado, que atuam de forma independente, porém existem situações em que é necessário adotar uma solução mais personalizada/customizada para garantir o crescimento sustentável do negócio. 

Mas, quais são os sinais de que os sistemas prontos de mercado, implantados na empresa, começam a limitar o seu crescimento? Quais são os critérios que determinam quando uma solução personalizada de um sistema ERP é melhor para o negócio, quando comparada com diversas soluções prontas que funcionam de forma independente? 

Identificamos 10 sinais neste artigo que podem ajudá-lo a obter estas respostas. Segue a lista:

1. Excesso de soluções manuais

Quando os sistemas atuais da empresa não proporcionam automação satisfatória das atividades críticas para o negócio, a empresa sofre com custos elevados de operação e baixa produtividade.

2. Dificuldades em adaptar os sistemas prontos às necessidades atuais da empresa

O sinal mais evidente de que isto ocorre é quando os funcionários buscam alternativas para a execução de suas atividades, deixando de utilizar recursos disponíveis nos softwares de mercado (não customizados) que são utilizados pela empresa. Neste cenário, é comum que ocorra aumento das reclamações por parte das equipes de trabalho sobre a falta de um sistema que atenda as demandas atuais do negócio.

  Guia rápido sobre como criar um site

3. Dificuldade de Treinamento

Sistemas pouco amigáveis, que não facilitam o treinamento de novos usuários podem gerar problemas sérios para a empresa. Alguns dos muitos efeitos de um treinamento deficiente são: excesso de erros na operação dos sistemas, baixa performance dos funcionários, prejuízos financeiros difíceis de mensurar, entre outros.

4. Pouco suporte aos processos de vendas

O processos de vendas evoluem à medida em que a empresa cresce ou abre novas frentes de negócios. Quando os sistemas instalados, como um CRM (Customer Relationship Manager) ou outro, passam a ser limitadores desta evolução necessária e contínua, é hora reavaliar a situação atual.

5. Vários sistemas  para uma única atividade

Quando uma única atividade, essencial para a boa operação do negócio, depende de vários sistemas, é hora de pensar na implantação de um sistema customizado que facilite a realização desta atividade e ajude a aumentar a produtividade com custos menores de operação.

6. Sistemas não integrados

A falta de integração de diversos sistemas implica em transferir dados de um sistema para outro. Isto demanda tempo, esforço adicional e, muitas vezes, mão de obra especializada “cara”.


Estes posts também podem ser de seu interesse:

Automação comercial – 8 benefícios que ajudarão sua empresa a crescer

O que é Business Intelligence (BI) e como pode gerar resultados surpreendentes

Backup online ou backup na nuvem – Google Drive, One Drive, Dropbox…

CRM Customer Relationship Management – Aumente suas vendas e retenha mais clientes


7. Necessidade de Automação

Processos automatizados podem gerar resultados significativos para a empresa. Busque uma solução personalizada quando você precisar, por exemplo, integrar o sistema de vendas com folha de pagamento (comissões), contabilidade, cadeia de suprimentos/compras, inventário, entre outros.

  O que analisar na hora de escolher a empresa para fazer o seu site?

8. Escalabilidade Comprometida

Um sistema que não foi desenvolvido sob medida para sua empresa pode limitar a expansão dos negócios. Num cenário como este, desenvolver um sistema completamente customizado para o seu negócio ampliará os horizontes de crescimento da empresa.

9. Processos de TI demorados e caros

Uma das grandes desvantagens de ter diversos sistemas na sua empresa, que não atuam de forma integrada,  é que a gestão de TI pode ficar muito comprometida. Geralmente, esta área fica limitada, pois as implantações/mudanças costumam ser caras e demoradas neste cenário.

10. Custos elevados com taxas de licenças de sistemas “prontos” de mercado

Um critério final para decidir se a empresa deve continuar com seus sistemas de mercado ou desenvolver um sistema ERP customizado é quando os custos relacionados com a aquisição de licenças tornam-se proibitivos.

É importante frisar que estes sinais valem para avaliar a aquisição de um sistema ERP customizado para sua empresa, como também para situações em que um sistema específico deixa de atender as demandas crescentes do negócio.

Se você gostou deste post, compartilhe com seus amigos e comente suas dúvidas/experiências logo abaixo.

Conheça também o guia de Empresas de desenvolvimento de sistemas do Portal Universo Móvel.

Carregar Mais Posts Relacionados
Carregar Mais Em Sistemas
Comentários estão fechados.