Você deseja contratar um profissional para desenvolver um site? Então, tenha muito cuidado, pois decidir quem ficará responsável pela criação do site de seu negócio pode gerar algumas dúvidas. Diante de algumas opções de desenvolvedores especializados prometendo mil vantagens, fica difícil sabermos que parâmetros devemos seguir para escolher a empresa de maneira acertada.

Algo que conta muito para o sucesso de um site, blog ou loja online é o ranqueamento nos mecanismos de buscas. No entanto, outros fatores – como legibilidade, rapidez, interatividade e funcionalidade – também fazem a diferença e mantêm um fluxo constante de visitas ao site.

Sendo assim, quando você cria um site para sua empresa, ou mesmo um blog — em que são postados, com uma determinada frequência, artigos para gerar leads — você quer como resultado muitas visitas. É a soma delas, entre outros dados, que vai determinar o sucesso do seu site e se os desenvolvedores estão usando as estratégias corretas para obtenção de resultados.

Empresas x Freelancers

Confira alguns motivos para você não ter mais dúvidas sobre a contratação de uma empresa para criação de sites profissionais:

  • equipe especializada – Uma empresa de criação de sites conta com uma equipe especializada, composta por profissionais acostumados a trabalharem em conjunto, e cada um faz sua parte para que todos consigam juntos as melhores soluções. Sendo assim, você ficará mais seguro e com a certeza de obter bons resultados;
  • suporte técnico – Empresas especializadas em criação de sites oferecem suporte técnico para vários tipos de problemas, todos os dias da semana. Com isso, você poderá ficar mais tranquilo caso surjam dúvidas, problemas ou novas demandas, como uma otimização de campanha em redes sociais ou mesmo um teste A/B — certamente terá respostas mais conclusivas, e na hora que precisar;
  • profissionais especialistas – quando você contrata o trabalho de uma pessoa, e não de uma empresa, ela irá executar diversas funções que normalmente seriam desempenhadas por vários profissionais, como programação, planejamento do site, atendimento e design gráfico. Por outro lado, em uma empresa, cada profissional pode dedicar mais tempo e se empenhar mais, já que o trabalho é dividido e cada um fica responsável por sua área. Assim, é possível obter resultados melhores;
  • serviços mais eficientes – Mesmo que você contrate um bom profissional, que saiba criar belos layouts, ele teria que dar conta de uma carga muito grande de trabalho, como criar cerca de 20 landing pages em apenas 1 mês. Será que ele conseguiria fazer tudo isso sozinho?
  Contratar Web Designer - top dicas para não errar

Confira, a seguir, o que você pode fazer para não errar na escolha da empresa que vai desenvolver seu site!

1. Analise o site da empresa desenvolvedora

Uma boa estratégia para avaliar a empresa que você está querendo contratar é por meio de seu próprio site. Alguns aspectos devem ser verificados, tais como: o design é moderno e de fácil entendimento? Há rapidez no carregamento de imagens? Os conteúdos são de qualidade? Se todos os elementos no site da empresa desenvolvedora forem impecáveis, a preocupação diminui um pouco; do contrário, a preocupação se mantém, e talvez seja necessário avaliar outras opções.

2. Desconfie de preços muito baixos

Algumas empresas de desenvolvimento de site, para arrebanhar clientes, cobram preços bem abaixo do mercado. Empresas que seguem esse tipo de prática dificilmente terão condições de honrar o contrato de prestação de serviço e, provavelmente, nem devem emitir nota fiscal. Para não ter dores de cabeça, descarte logo empresas com esse perfil.

3. Verifique se existe um contrato

Um contrato de prestação de serviço vai garantir que seu site seja desenvolvido conforme o combinado, que o projeto será posto no papel e que deverá ser seguido à risca. As especificações deverão ser combinadas previamente entre contratante e contratado.

Outro ponto importante, que deve constar no contrato, é sobre as atualizações que ficam sob responsabilidade da empresa desenvolvedora. Além disso, no contrato, ficam especificadas as condições de pagamento, suporte, entrega, manutenção, direitos de imagem e serviços terceirizados, entre outras questões.

Nunca se esqueça de que o contrato deve ter sempre duas cópias — no mínimo. Uma delas fica com você, e a outra, com a empresa prestadora do serviço. As duas testemunhas que vão assinar o contrato não devem ter vínculo algum com ambas as partes, para não criar conflito de interesses.

  Negócio escalável: O que é, como ter um e mais

4. Analise o portfólio da empresa

Uma empresa experiente e bem-conceituada no mercado deve ter um portfólio robusto, com vários trabalhos desenvolvidos. Verifique esses trabalhos e os avalie, mas leve em consideração o período em que foram criados.

5. Peça referências

Empresas com uma reputação positiva no mercado, idôneas e que mantêm um bom relacionamento com seus clientes não se importam em fornecer referências para que você conheça melhor seus serviços. Pelo contrário – disponibilizar referências vai contribuir para melhorar ainda mais a boa imagem da empresa.

6. Verifique se a empresa tem uma equipe especializada

Uma empresa desenvolvedora de sites deve ter em sua equipe profissionais especializados, tais como:

  • profissional de atendimento;
  • web designer (responsável pela criação do layout);
  • técnico de programação;
  • redator de conteúdos;
  • profissional de TI para suporte.

7. Solicite uma explicação sobre ferramentas de análise

As empresas de desenvolvimento de sites utilizam ferramentas de manutenção para mensurar resultados, tais como o Google Adwords. Para isso, basta instalar um código na página do cliente e monitorar os dados obtidos.

No entanto, para leigos ou para aqueles que não têm tanta experiência com essas ferramentas, isso pode ser um pouco mais complicado. Por isso, é importante que o cliente solicite ao desenvolvedor algumas explicações, para que ele também possa usar esse recurso.

Dar os primeiros passos na internet não é tão simples como parece. Como vimos, existem algumas questões estratégicas que podem ser úteis na experiência digital. No entanto, a empresa desenvolvedora pode simplificar o processo e fazer um trabalho completo para o seu negócio. Por isso, é de extrema importância não errar ao escolher a empresa que vai prestar esse serviço para você.

Se você seguir nossas sugestões, estará no caminho certo para tomar a melhor decisão.

  Sistema ERP - 10 sinais de que sua empresa precisa investir em um com urgência

Gostou do post? Lembrou-se de outras dicas para não errar ao escolher a empresa desenvolvedora? Deixe aqui seu comentário e compartilhe suas ideias!

Se você quiser ajuda profissional, nosso guia dispõe de excelentes empresas especializadas em desenvolvimento de sites, entre em contato com elas e faça já um orçamento!

Carregar Mais Posts Relacionados
Carregar Mais Em Sistemas
Comentários estão fechados.