Contratar Web Designer

Precisando de um profissional Web Designer para desenvolver ou reformular páginas virtuais? De fato tem sido uma necessidade nesta Era em que as tecnologias são a porta de entrada para os grandes negócios. Bons administradores já sabem: manter-se competitivo neste meio é a essência para atingir bons resultados e, ao mesmo tempo, ficar bem longe da crise econômica.

Na hora de criar um site, um blog ou até mesmo uma página de vendas, é imprescindível o uso de estratégias que garantam que esta ferramenta seja muito bem aproveitada no espaço digital, colocando em prática aquele velho conceito de “útil e agradável” em um só lugar.

Para traduzir todas as necessidades da empresa em códigos HTML é importantíssimo contar com um bom profissional que esteja alinhado a todas as expectativas do projeto e que possua, se possível, uma vasta experiência dentro do ramo.

O web designer é justamente este profissional, capacitado e especialista, pronto a suprir todas as necessidades no que diz respeito à criação inteligente de páginas e aplicativos.

Com projetos desenvolvidos individualmente e que são baseados nos objetivos específicos de cada organização, esta profissão tem se destacado devido a crescente procura das empresas por seus trabalhos.

Mas, você sabe como contratar web designer?

Devido à necessidade de aprimorar os projetos digitais da empresa, muitos gestores têm cometido drásticos erros nesta contratação.

Por falta de informação e conhecimento, e por ser esta também uma tarefa relativamente difícil, vários administradores acabam se decepcionando com os trabalhos que lhe são entregues, visto que estes nem sempre atendem as suas expectativas reais.

Se você não possui um profissional web designer dentro da sua empresa, é provável que recorra a um designer freelancer, certo?

  Softwares de gestão: para que servem e as vantagens para uma empresa

Entretanto, antes de contratar este profissional é importantíssimo que você esteja atento a algumas dicas para que não venha a sofrer desapontamentos depois da entrega do projeto.

Separamos as 3 dicas mais importantes para a correta contratação de um web designer freelancer e você precisa ler isto antes de qualquer coisa!

3 dicas para contratar web designer:

Faça a lição de casa

Primeiramente você deve responder a esta simples pergunta: Qual é o objetivo da contratação de um web designer para o seu negócio?

  • A empresa está buscando pela criação ou pela reestruturação do site?
  • Está precisando desenvolver um aplicativo direcionado para os dispositivos móveis?
  • Ou, precisa confeccionar materiais gráficos para campanhas específicas?

Esta definição é a base, o primeiro passo quando se pensa em contratar um designer freelancer, pois é responsável pelo direcionamento do projeto.

A empresa deve ter esta etapa bem definida antes de iniciar sua busca por profissionais!

Saber exatamente o que você quer contribuirá na hora de pesquisar por fornecedores dispostos a cumprir com suas expectativas.

Além disso, é importante ressaltar que você deve apontar o maior número de detalhes possível. Feito isso, mais fácil será para obter orçamentos com os profissionais da área. Estes profissionais trabalharão em cima do esboço que você mesmo fez.

Pesquise por fornecedores

Em mãos das definições do passo anterior, é hora de realizar uma ampla pesquisa sobre os fornecedores. Neste caso específico, os web designers aptos a tirar o projeto do papel, transformando-o em realidade.

Você pode optar por profissionais locais em que o contato direto será na própria empresa ou no escritório do fornecedor. Outra opção é um web designer freelancer, cujo modo de comunicação será mais restrito ao e-mail e Skype.

  CRM Customer Relationship Management - Aumente suas vendas e retenha mais clientes

A diferença entre estes dois tipos de profissionais está, sobretudo, no modo de cobrança. Os freelancers costumam cobrar por tempo de trabalho – horas – já as empresas e profissionais liberais por projeto.

O importante mesmo é que você sinta confiança no fornecedor que escolher, seja ele “físico ou virtual”!

E aqui vão algumas questões a serem levadas em conta na hora de escolher o melhor web designer para a sua empresa:

  • Este profissional é acessível? Consigo falar com ele sempre que preciso?
  • Consigo me ver trabalhando com este profissional durante um longo período de tempo?

É válido destacar também a importância de avaliar outros trabalhos já feitos pelo profissional ou pela empresa contratada. A observação destes outros projetos, bem como de modelos cedidos pelo web designer, contribuirão com a tomada de decisão sobre quem é o mais indicado para suprir as necessidades do seu negócio.

Faça um contrato seguro

Se você quer ter certeza de que os planos serão cumpridos pelo profissional contratado, nada mais seguro do que assinar um documento detalhado e bem feito, em que todas as etapas do projeto estejam previstas.

Neste contrato é possível:

  • Definir etapa por etapa do desenvolvimento do projeto;
  • Discriminar o tipo de participação que você e a sua empresa terão no desenvolvimento;
  • Determinar os prazos de entrega e as margens toleráveis para atrasos;
  • Estabelecer as formas de pagamento combinadas entre você e o fornecedor;
  • Entre outros pormenores.

É essencial que antes do contrato ser assinado todas as possíveis dúvidas sejam tiradas. Por exemplo, vale verificar se o web designer trabalha com CMS – Content Management System, como WordPress e Magento, por exemplo.

  O que é Business Intelligence (BI) e como pode gerar resultados surpreendentes

Outro ponto importantíssimo é o que garante a propriedade total da criação para você e para a sua empresa, livrando-os de possíveis problemas e prejuízos no futuro.

Por isso, não tenha pressa nesta etapa. Leia e releia cada cláusula e pormenor do contrato antes de assiná-lo e solicite todas as alterações ou esclarecimentos que lhe sejam necessários.

Consulte um advogado, também, caso sinta-se mais seguro desta forma.

Custo x Benefício

Por fim, uma outra dica importante para quem está planejando fazer este tipo de contratação: Procure, sempre, avaliar o custo x benefício ao contratar um web designer freelancer, ou outro tipo de fornecedor.

Jamais baseie sua decisão única e exclusivamente em valores, certo?

Procure averiguar, além dos custos, os prazos para realização do projeto e as soluções oferecidas pelo profissional. Leve em conta, também, os pontos abordados neste artigo, principalmente na segunda dica.

Busque por referências e indicações e, se necessário, entre em contato com outros clientes antes de fechar uma contratação.

Peque pelo excesso de cuidado!

Em nosso Guia de Fornecedores você pode encontrar  profissionais dispostos a sanar todas as dúvidas que você e sua empresa possam ter sobre o desenvolvimento de sites e aplicativos. Consulte-os!

E antes de ir, que tal nos contar sobre o que achou dessas dicas? Deixe um comentário e compartilhe o conteúdo com seus amigos.

Carregar Mais Posts Relacionados
Carregar Mais Em Sistemas
Comentários estão fechados.